Tag Otimização

Tag Otimização

Windows 10: conheça e atualize

Tags:, , Tecnologia
featured image
Compartilhe!

Windows10 Tela inicial

Você vai ver a seguir as principais características e lançamentos do Windows 10 e dicas como atualizar seu sistema gratuitamente. Há anos a Microsoft vem atualizando o Windows sistema operacional mais usado no mundo com melhorias de estabilidade, acessibilidade e confiabilidade, chegando ao nível de qualidade atual encontrado no Windows 7 e Windows 8/8.1. Nesta semana, final de julho de 2015, o novíssimo lançamento da Microsoft é o Windows 10, que promete compatibilidade e velocidade aumentadas para favorecer computadores e principalmente tablets.

A Microsoft lançou nesta versão tanto uma ofensiva à concorrência, quanto uma unificação das plataformas Windows 7 e 8 na plataforma Windows 10, para que os usuários se beneficiem com mais velocidade e qualidade em seu sistema operacional e um único produto a ser suportado. Tudo isso de forma gratuita para quem tem o sistema licenciado e ativado nestas duas últimas versões.

 

Melhorias

One Microsoft Way

A principal melhoria é na velocidade do sistema operacional e no consumo de energia que foram amplamente otimizados.

Além disso, o Menu Iniciar, os aplicativos de tela inteira, como a Loja, Clima, Notícias, Skype, Email, etc, que antes eram concebidos para telas touchscreen foram remodelados de forma a atender bem o público de área de trabalho convencional e também telas de toque. De qualquer forma, você pode personalizar sua experiência de forma a extrair o melhor para sua plataforma.

Os aplicativos nativos possuem uma função de suspensão de execução que inibe a execução em segundo plano, tornando o sistema mais rápido.

 

Microsoft Edge

Microsoft Edge

Além das melhorias de sistema, o Windows 10 foi a oportunidade de lançamento do Microsoft Edge, navegador de internet que substitui o Internet Explorer após 18 anos de seu lançamento como Internet Explorer 1.0 em agosto de 1995 e sua versão final em agosto de 2013 como Internet Explorer 11. O novo navegador foi bastante rápido baseado em nossos testes. Você pode saber mais na Wikipédia e no site da Microsoft.

 

Instalação e atualização

Para quem já tem sistemas Windows 7 e 8 licenciados, a melhor opção é atualizar o sistema. Esta funcionalidade de atualização de sistema, contraria o histórico anterior da Microsoft que deixou a desejar nos procedimentos de atualização, e realmente funciona muito bem. Fizemos atualização de Windows 7 Pro, Windows 8 Home e Windows 8 Pro. Todas com sucesso, embora tenhamos tido alguns percalços.

Nos sistemas Windows 7 Pro, a atualização ocorreu normalmente, mesmo em sistemas que já estão em produção há mais de 6 meses.

Nos sistemas Windows 8 Home, a atualização funcionou, porém ocorreu um problema com a ativação, derivado do próprio serviço de ativação do Windows 8, que funcionou normalmente após o reinício da estação e a atualização para o Windows 10 foi um sucesso.

Nos sistemas Windows 8 e 8.1 Pro, a atualização funcionou nos sistemas recém instalados, mas nos sistemas mais antigos, ocorreram algumas falhas com o Bitlocker e com a atualização automática, requerendo alguma intervenção maior para a instalação, mas tudo acabou funcionando e o sistema ficou estável.

Em nenhum dos testes ocorreu falha irreversível que tenha inutilizado a instalação.

Atenção: Se você tem Windows 7 ou 8 e pretende fazer uma instalação limpa, formatando o computador, sua CD key não funcionará no novo sistema. Você precisará formatar o computador e instalar o sistema antigo e após atualizar para o Windows 10.

 

Como funciona a atualização para o Windows 10

A primeira opção é você esperar pela atualização automática do Windows 10, que ocorre com aquela janelinha branca que aparece perto do relógio. Este procedimento pode demorar um tempo que não sabemos mensurar e a Microsoft não divulgou outra informação até o momento além de que ocorrerá em “ondas”, que são grupos de download.

A segunda opção que trazemos para você é o download do aplicativo de criação de mídia do Windows 10 da Microsoft. Este aplicativo fornecido pela própria Microsoft permite a você criar uma mídia para instalação do Windows 10 em outro computador, ou simplesmente atualizar o que você está usando. O aplicativo tem em torno de 18MB e faz o download dos arquivos necessários, que pode ir de 3 a 6 GB, conforme nossos testes.

Sugerimos ter entre 10 e 15 GB livres no disco rígido onde você pretende fazer a instalação, ou ter um HD externo à disposição para o procedimento. Caso contrário, o instalador poderá impedir a continuidade da instalação.

 

Procedimento de atualização

Por questões de prudência, recomendamos que você faça um backup – cópia de segurança – dos seus dados importantes em um disco rígido externo ou pen-drive, pois os mesmos podem ser perdidos, caso haja algum problema. Se você tem dúvidas, ou não consegue fazer uma cópia de segurança de seus dados, chame seu técnico de confiança para fazer o procedimento.

Instruções:

  1. Baixe o aplicativo de criação de mídia do Windows 10.
  2. Inicie o aplicativo e siga as instruções de atualização.
  3. Seu computador pode reiniciar diversas vezes em telas diferentes que mostram o progresso. É normal.
  4. No final, pedirá para você digitar sua senha de usuário, caso tenha alguma e perguntará sobre personalização de configurações. Neste ponto, você escolhe o que é melhor para você.
  5. Pronto. Você está com o sistema operacional atualizado.

 

Telas da atualização

Preparando a atualização Baixar atualizações Preparando algumas coisasTermos de licença Verificando se está pronto  Pronto para instalar Instalando o Windows 10 Reiniciando

Após a última tela mostrada é só aguardar a instalação que vai reiniciar o computador algumas vezes e seguir as instruções na tela.

 

Questões identificadas

  • Nas plataformas de vídeo não-Intel (por exemplo, Nvidia ou AMD ATI, ocorreram algumas questões de drivers incorretos na inicialização, que se corrigiram automaticamente em nossos testes após a reinicialização do sistema Windows 10.
  • No uso de aplicativos e sites bancários, ocorreram algumas questões que envolveram necessidade de reinstalação dos softwares de proteção, como o Warsaw da GAS Tecnologia, porém após o procedimento ocorreu o funcionamento normal no navegador Mozilla Firefox. No Microsoft Edge e no Google Chrome não funcionou. O uso dos certificados digitais para emissão de Nota Fiscal eletrônica funcionou normalmente.

Em uma primeira avaliação o sistema Windows 10 transmite bastante confiabilidade e sendo mais rápido, com certeza nos ajudará no atingimento de nossos objetivos.

Comente o que achou do novo sistema 🙂

Use o perfil do LinkedIn a seu favor

Tags:, , Profissional
featured image
Compartilhe!

O LinkedIn é uma rede social profissional onde é possível se relacionar com pessoas de diversos níveis profissionais e até participar de processos seletivos. Você gostaria de ter um perfil atraente? Vamos compartilhar algumas dicas.

1 – Uso profissional da ferramenta

O LinkedIn é uma ferramenta profissional e que tem muito conteúdo interessante gerado pelos usuários. Ao mesmo tempo, existem muitas postagens irrelevantes, que desperdiçam o tempo dos leitores, muitas vezes com pouco tempo para acessar o sistema. A recomendação é evitar compartilhar piadas, fotos pessoais, brincadeiras matemáticas, etc. Além de não colaborar com a objetividade da ferramenta, quando você compartilha material não relacionado ao trabalho, carreira, estudos, etc, seus contatos poderão deixar de lhe seguir e aí você poderá perder para sempre a oportunidade de ser visto e interagir com algum contato interessante na sua rede, sem mencionar os recrutadores que podem estar à procura de alguém com o seu perfil.

2 – Customizar o endereço do seu perfil público

O endereço padrão ofertado automaticamente pelo LinkedIn é uma composição de letras e números que não é atraente. Seu perfil fica com um aspecto mais profissional tendo um endereço personalizado, por exemplo, https://br.linkedin.com/in/fabiojardim. É grátis. De posse do seu endereço personalizado, você pode colocá-lo no seu currículo tradicional.

Como fazer:

Clicar no menu Perfil -> Editar Perfil.
Abaixo da foto vai ter o endereço do perfil público. Passe o mouse em cima do endereço. Vai aparecer uma engrenagem. clique nela.
Vai aparecer a tela do seu perfil público.
Na direita tem uma caixa com o título “Your public profile URL” ou “URL do seu perfil público”
Clique no lápis ao lado do endereço.
Digite o novo endereço e tenha em mente que é algo profissional. Não use apelidos.

3 – Coloque uma foto de fundo no seu perfil

Esta é uma recomendação do LinkedIn e que torna seu perfil mais pessoal e atraente. Pense em alguma foto que faça sentido com sua vida profissional. Por exemplo, se você é médico, pode colocar um centro cirúrgico. Se você trabalha em uma agência de viagens, pode ser interessante uma bela paisagem. Use o bom senso. Você encontra esta opção abaixo dos menus no ícone da máquina fotográfica, conforme a imagem abaixo: Adicionar imagem de fundo.

LinkedinImagemFundo

 

4 – Sempre utilize foto no seu perfil

Não importa se você é bonito, feio, jovem, maduro, magro ou está acima do peso. Perfis sem foto são rapidamente descartados. As pessoas querem se relacionar profissionalmente com pessoas de verdade. A regra de ouro aqui é você utilizar uma foto que apareça bem o seu rosto e que você esteja com uma aparência compatível como se você estivesse trabalhando.

Isso significa que, dentre muitos exemplos, fotos de festa, de corpo inteiro, com expressões engraçadas ou a foto de formatura vestindo toga, não são as melhores opções para você mostrar sua imagem.

5 – Otimize seu perfil

Além de você querer ter um perfil que mostre bem a sua imagem, você certamente quer ser encontrado pelo que você faz, ou pelo que você pretende fazer.

Escreva um bom título profissional (headline) que fale de forma resumida o que você faz ou qual seu objetivo, caso você esteja buscando uma recolocação. Por exemplo: “Gerente de vendas da XYZ S/A”, ou “Analista de crédito com 10 anos de experiência buscando recolocação” são opções interessantes. Importante: não use o texto todo em maiúsculas. É desnecessário e muitas pessoas consideram esta forma de escrita agressiva.

Nas suas experiências, procure colocar as suas atividades na empresa e, se aplicável, quais foram os objetivos alcançados. É possível também colocar vídeos, links, documentos e imagens que demonstrem algo relevante sobre sua experiência. Mas cuidado: nunca poste nenhum material interno ou confidencial de seu empregador.

Em todas as seções que for preencher, coloque as palavras chave pelas quais você gostaria de ser encontrado. Facilita o trabalho de quem está buscando e torna seu perfil mais atrativo.

Tente preencher o máximo possível das seções para ter um perfil campeão. Esta informação é uma avaliação do perfil feita pelo LinkedIn com base no quanto o seu perfil está completo. A informação aparece quando você entra no seu perfil para editar, na parte superior direita, conforme a figura abaixo. Quanto mais cheio o círculo, melhor.

forçaperfil

Você pode trocar a ordem das seções no seu perfil. Por exemplo, colocar a experiência acima da formação acadêmica, ou o contrário. Você pode usar este recurso no ícone das setas verticais à direita do título de cada seção, conforme a imagem abaixo.

ModificaçãoPosição

 

Estas são as dicas básicas para você formatar seu perfil de forma atraente, profissional e dentro do que o mercado espera. Agora complete seu perfil e dê o seu toque pessoal e não esqueça: mantenha sempre atualizado, independentemente de sua situação profissional atual.