Carreira

Carreira

Guarde bem o seu conteúdo de informação

Tags:, , , , Profissional
featured image
Compartilhe!

Para conteúdos que são informações, ideias, notas e relacionados, e que não tem uma ação definida, o recomendado é utilizar um software de anotações. Vamos ver nesse artigo como tirar o melhor proveito das ferramentas de anotações.

Organização de conteúdo

Cadernos diversos

As anotações devem ser feitas imediatamente quando você está vivenciando o contexto que deu origem a esta anotação. Por exemplo, você está pensando sobre um artigo que vai escrever, está participando de um treinamento ou uma reunião. Nestes últimos dois exemplos, muitas vezes não é permitido usar equipamentos eletrônicos, ou simplesmente seria considerado falta de educação, então anote no papel e transcreva ou tire uma foto da anotação assim que terminar.

 

Categorize suas anotações

Categorize suas informações

Você não precisa ter uma árvore de classificação grande e detalhada, mas é conveniente separar suas notas de trabalho de suas notas de estudo, pessoais, ou de algum projeto ou hobby. Quando você sentir que alguma categoria está grande ou confusa, é a hora de desmembrá-la em subcategorias.

 

Busca de informações

Busca de informações

A busca deve ser a primeira fonte de informação quando você for resgatar algum conteúdo. O motivo para isso é a economia de tempo. Já imaginou você precisar procurar em uma lista com duzentos itens de suas atividades de estudo da pós-graduação? Pensando em um conteúdo de biologia, quando você busca “gene dominante” você terá uma lista refinada com todos os itens que possuem esta combinação de palavras. Além de diminuir o seu trabalho de localizar a informação correta, ainda pode lhe mostrar itens correlacionados com o que você busca e não lembrava que tinha anotado. É assim que você faz uma busca na internet, não é mesmo?

 

Plataforma

Escolha da plataforma

Escolha uma plataforma que possa atender você em diversas mídias, como o computador, smartphone ou tablet e com sincronização em nuvem, afinal a qualquer momento você poderá ter que registrar ou alguma informação.

Além das mídias tradicionais, muitos aplicativos permitem que você envie um e-mail para o serviço com a informação a ser salva. Este endereço é privado para os seus dados no sistema de anotações.

Conheça 4 softwares de organização de conteúdo

Evernote

O Evernote é um software muito completo, que pode ser usado basicamente para anotações, diários e registros compartilhados. Possui funções interessantes, como clipping da web, anotações de áudio, anotações visuais e de webcam. Você pode ter múltiplos cadernos e organizá-los em pilhas para melhor classificação e conta com uma busca eficiente. É possível usar colaboração com o compartilhamento de caderno e o Work Chat. A versão grátis já é bem funcional. Possui versão online e para dispositivos móveis totalmente em português. Confira mais informações no link https://evernote.com/intl/pt-br/pricing/

 

penzu

Penzu é um aplicativo de diários (journaling),  que permite você ter um diário na versão gratuita e vários na versão paga. Possui aplicativo móvel simples e você pode criar tags para busca nos seus diários. A versão paga custa US$ 19,99 por ano e não tem versão em português.

 

OneNote

Solução completa e integrada da Microsoft com a suíte de aplicativos Office, Outlook.com e Office 365. Permite criar vários cadernos de anotação, proteger com senha, embora não sincronize as seções protegidas com dispositivos móveis e web, pesquisa por áudio, reconhecimento de caracteres em imagens, gravação de áudio e vídeo e sincronização com as anotações, para facilitar o acompanhamento contextual de uma reunião.

 

Google Keep

Por último o Google Keep, que tem uma proposta minimalista e é otimizado para a criação de listas e anexo de informações. Por enquanto é uma plataforma bastante simples, mas como é um produto Google tem possibilidade de crescer.

Ferramentas para aumentar a produtividade de suas tarefas

Tags:, , Profissional
featured image
Compartilhe!

Todos nós queremos ver nossas obras prontas, projetos terminados, objetivos atingidos, mas para chegar lá,  precisamos gerenciar esse processo. Aí entra a unidade atômica da organização de execução – a tarefa. E, convenhamos, é ótima a sensação de ter uma lista de tarefas e ter todas elas marcadas como concluídas.

Vamos ver dicas e quatro ferramentas modernas de produtividade para tarefas e projetos (conjuntos de tarefas).

Dicas

  • Experimente mais de uma opção e escolha uma plataforma que você considere fácil e prática para a sua necessidade de gerenciamento. Às vezes não é necessário usar a ferramenta com o maior número de funcionalidades, e sim aquela que ajuda você a atingir sua melhor produtividade e a de seu grupo.
  • Parametrize a ferramenta antes de utilizar: Muitas ferramentas oferecem recursos de projetos, tags, usuários, estados de fluxo, entre outros. Procure deixar o mais completa possível, para que você se concentre em utilizá-la e ela lhe ajude com as informações. Se você sentir que falta algo durante o uso, pare e repense a parametrização.
  • Use intensivamente a ferramenta no seu computador, laptop, smartphone e tablet. Quanto mais você utilizar, mais você fortalecerá o hábito de organizar seus assuntos e projetos e ficará com a mente descansada sabendo que você tem tudo sob controle.

Ferramentas de produtividade para tarefas

Wrike

O Wrike é um ótimo gerenciador de tarefas. Você pode criar contextos de projetos, tags e configurar prazos de execução, além de atribuir tarefas a outras pessoas, facilitando a colaboração. É grátis até 5 usuários. Acima disso o preço é um pouco alto. US$ 49 por mês para 5 usuários e R$ 99 por mês para 15 usuários na versão Professional. Tem versão em português.

Possui versão Online, Android e iOS.

 

ASANA

Permite que você gerencie suas tarefas pessoais com um número ilimitado de projetos. Utilize recursos de arrastar e soltar nas listas para maior praticidade e crie status personalizados de fluxo de trabalho (workflows). Você pode configurar alertas facilmente e o Asana tem integração com o Microsoft Sunrise, então as suas tarefas que tem um prazo limite aparecem junto com a sua agenda de compromissos para uma fácil visualização.

Você pode ainda configurar espaços de trabalho (workspaces) para até 15 usuários grátis. A assinatura premium custa US$ 21 por mês para 5 usuários e US$ 63 por mês para 15 usuários, pagamento anual. Ainda não há tradução para português, mas a interface é muito simples e intuitiva.

Possui versão Online, Android e iOS.

 

todoist

Você pode gerenciar tarefas e projetos maneira simples, e com colaboração grátis. Porém funções básicas como lembretes, notas e anexos são disponíveis apenas na versão premium ao preço de US$ 29 por ano. O Todoist é a plataforma mais interconectável, com aplicativos em diversas plataformas, incluindo o Windows e integração com o Sunrise. Possui versão em português.

Versões: Online, Android, iPad e iPhone, Windows

producteev

O Producteev é uma plataforma mais robusta, porém mais complexa de gerenciamento de tarefas e projetos, podendo ser usado para múltiplos contextos que ele chama de networks. Pode ser usado gratuitamente sem suporte. A assinatura mensal custa US$ 99 para cada network de até 100 membros. Possui integração com o Outlook, Sunrise e aplicativos móveis. Não tem versão em português.

Versões: Online, Android, iPad, iPhone.

Saiba mais sobre ferramentas de gestão de tempo e produtividade no artigo Produtividade maior com ferramentas para gestão do tempo.

Produtividade maior com ferramentas para gestão do tempo

Tags:, , Profissional
featured image
Compartilhe!

No passado, a organização era feita na agenda, no risque e rabisque e nos blocos de anotação. Hoje o essencial é utilizar as ferramentas de produtividade. Conheça alguns aplicativos importantes que escolhemos e dicas de uso na gestão do seu tempo.

A produtividade e a organização do seu tempo

Todos aqueles compromissos que devem ocorrer em um determinado dia e hora, uma única vez ou de forma recorrente devem ser gravados em um software de agendamento. A maioria dos softwares são apenas a visualização de um motor de agendamento que fica na nuvem, ou seja no servidor do fornecedor. Isso é bom, porque não importa onde você esteja, sempre haverá uma maneira de você acessar seus compromissos.

Dicas

  • Faça com que a sua agenda seja a sua assistente eletrônica. Escreva todos os seus compromissos imediatamente na hora que você se comprometer. Assim você evita esquecimentos.
  • Fortaleça o hábito de consultar a agenda várias vezes por dia. Você pode configurar como página inicial no seu computador e instalar um Widget (micro aplicativo que fica junto aos ícones) no seu celular para mostrar seus compromissos.
  • Mantenha as agendas de contextos diferentes separadas. Por exemplo, a agenda profissional separada de seus compromissos pessoais ou de estudos. Mesmo que elas estejam separadas, você pode visualizá-las juntas em alguns softwares como o Outlook ou o Sunrise, e poderá configurar um destaque de cor e alertas diferentes para elas. Se em algum momento você não necessitar mais de algum dos contextos, não será difícil excluir a conta ou deixar de usar.
  • Se você não tem muito tempo disponível para anotar os detalhes, anote o básico no dia e hora corretos e crie uma rotina de revisão para ajustar sua agenda. Neste momento torne os apontamentos mais precisos e completos. Quando você for atender ao compromisso será mais fácil encontrar as informações em um só lugar.
  • Use convites (invites) quando for agendar um compromisso com outra pessoa. Provavelmente o participante do evento também utiliza algum sistema de agendamento e terá a visualização do compromisso em sua agenda de forma automática. Se não tiver, ao menos receberá um e-mail com os dados para confirmar que foi agendado.
  • Se você receber um convite que conflita com outro compromisso em sua agenda, rejeite assim que possível para que o organizador saiba de sua impossibilidade e negocie uma nova data.

Aplicativos

Google Agenda

A agenda do Google é um motor de agendamento completo, que pode ser lido por diversas aplicações e possui a sua própria área de visualização integrado na plataforma web, integrada ao Gmail e aplicativos móveis para Android, Apple iOS e Windows Phone. É grátis.

Conheça a versão Online, Android, iPhone e iPad.

 

Outlook.com

Este serviço da Microsoft é muito parecido com a agenda do Google. Também pode ser lido por diversas aplicações, inclusive o Microsoft Outlook e tem sua própria interface web, integrada ao serviço Outlook.com. Possui aplicativos móveis para Android, Apple iOS e Windows Phone. É grátis.

Conheça a versão Online, Android, iPhone e iPad.

 

Sunrise Sunrise

O Sunrise é um renomado software de agendamento que foi comprado pela Microsoft no início de 2015.  Diferentemente dos dois primeiros, o grande diferencial do Sunrise é ser um excelente software de visualização, que permite conectar ao calendário do Google, da Microsoft, Facebook, dentre muitos outros, além de fornecer calendários de feriados, esportes, entre outros. É grátis.

Clique para conhecer as versões Online, iPhone, iPad, Android.

Visualização mensal pelo Sunrise de múltiplos calendários:

Visão mensal de calendário

Neste post, consideramos apenas as funcionalidades de gestão de compromissos e agenda. Conheça mais sobre ferramentas de gerenciamento de tarefas e projetos colaborativas em Ferramentas para aumentar a produtividade de suas tarefas.

Lembre-se que não existe falta de tempo, você pode controlar como você usa o seu tempo para atingir melhor seus objetivos.

Use o perfil do LinkedIn a seu favor

Tags:, , Profissional
featured image
Compartilhe!

O LinkedIn é uma rede social profissional onde é possível se relacionar com pessoas de diversos níveis profissionais e até participar de processos seletivos. Você gostaria de ter um perfil atraente? Vamos compartilhar algumas dicas.

1 – Uso profissional da ferramenta

O LinkedIn é uma ferramenta profissional e que tem muito conteúdo interessante gerado pelos usuários. Ao mesmo tempo, existem muitas postagens irrelevantes, que desperdiçam o tempo dos leitores, muitas vezes com pouco tempo para acessar o sistema. A recomendação é evitar compartilhar piadas, fotos pessoais, brincadeiras matemáticas, etc. Além de não colaborar com a objetividade da ferramenta, quando você compartilha material não relacionado ao trabalho, carreira, estudos, etc, seus contatos poderão deixar de lhe seguir e aí você poderá perder para sempre a oportunidade de ser visto e interagir com algum contato interessante na sua rede, sem mencionar os recrutadores que podem estar à procura de alguém com o seu perfil.

2 – Customizar o endereço do seu perfil público

O endereço padrão ofertado automaticamente pelo LinkedIn é uma composição de letras e números que não é atraente. Seu perfil fica com um aspecto mais profissional tendo um endereço personalizado, por exemplo, https://br.linkedin.com/in/fabiojardim. É grátis. De posse do seu endereço personalizado, você pode colocá-lo no seu currículo tradicional.

Como fazer:

Clicar no menu Perfil -> Editar Perfil.
Abaixo da foto vai ter o endereço do perfil público. Passe o mouse em cima do endereço. Vai aparecer uma engrenagem. clique nela.
Vai aparecer a tela do seu perfil público.
Na direita tem uma caixa com o título “Your public profile URL” ou “URL do seu perfil público”
Clique no lápis ao lado do endereço.
Digite o novo endereço e tenha em mente que é algo profissional. Não use apelidos.

3 – Coloque uma foto de fundo no seu perfil

Esta é uma recomendação do LinkedIn e que torna seu perfil mais pessoal e atraente. Pense em alguma foto que faça sentido com sua vida profissional. Por exemplo, se você é médico, pode colocar um centro cirúrgico. Se você trabalha em uma agência de viagens, pode ser interessante uma bela paisagem. Use o bom senso. Você encontra esta opção abaixo dos menus no ícone da máquina fotográfica, conforme a imagem abaixo: Adicionar imagem de fundo.

LinkedinImagemFundo

 

4 – Sempre utilize foto no seu perfil

Não importa se você é bonito, feio, jovem, maduro, magro ou está acima do peso. Perfis sem foto são rapidamente descartados. As pessoas querem se relacionar profissionalmente com pessoas de verdade. A regra de ouro aqui é você utilizar uma foto que apareça bem o seu rosto e que você esteja com uma aparência compatível como se você estivesse trabalhando.

Isso significa que, dentre muitos exemplos, fotos de festa, de corpo inteiro, com expressões engraçadas ou a foto de formatura vestindo toga, não são as melhores opções para você mostrar sua imagem.

5 – Otimize seu perfil

Além de você querer ter um perfil que mostre bem a sua imagem, você certamente quer ser encontrado pelo que você faz, ou pelo que você pretende fazer.

Escreva um bom título profissional (headline) que fale de forma resumida o que você faz ou qual seu objetivo, caso você esteja buscando uma recolocação. Por exemplo: “Gerente de vendas da XYZ S/A”, ou “Analista de crédito com 10 anos de experiência buscando recolocação” são opções interessantes. Importante: não use o texto todo em maiúsculas. É desnecessário e muitas pessoas consideram esta forma de escrita agressiva.

Nas suas experiências, procure colocar as suas atividades na empresa e, se aplicável, quais foram os objetivos alcançados. É possível também colocar vídeos, links, documentos e imagens que demonstrem algo relevante sobre sua experiência. Mas cuidado: nunca poste nenhum material interno ou confidencial de seu empregador.

Em todas as seções que for preencher, coloque as palavras chave pelas quais você gostaria de ser encontrado. Facilita o trabalho de quem está buscando e torna seu perfil mais atrativo.

Tente preencher o máximo possível das seções para ter um perfil campeão. Esta informação é uma avaliação do perfil feita pelo LinkedIn com base no quanto o seu perfil está completo. A informação aparece quando você entra no seu perfil para editar, na parte superior direita, conforme a figura abaixo. Quanto mais cheio o círculo, melhor.

forçaperfil

Você pode trocar a ordem das seções no seu perfil. Por exemplo, colocar a experiência acima da formação acadêmica, ou o contrário. Você pode usar este recurso no ícone das setas verticais à direita do título de cada seção, conforme a imagem abaixo.

ModificaçãoPosição

 

Estas são as dicas básicas para você formatar seu perfil de forma atraente, profissional e dentro do que o mercado espera. Agora complete seu perfil e dê o seu toque pessoal e não esqueça: mantenha sempre atualizado, independentemente de sua situação profissional atual.

O que as empresas valorizam nos seus funcionários

Tags: Profissional
featured image
Compartilhe!

Vamos falar sobre visões das empresas sobre comprometimento e experiência dos seus colaboradores, baseado em conversas com empresários e gestores.

Um dos pontos mais citados dentro das preocupações dos líderes é o comprometimento. Todo mundo fala nele, mas às vezes o comprometimento é desconhecido ou mal denominado. Comprometimento vem de compromisso, união de interesses, colaboração com as obras objetivadas e responsabilidade pela sua parte no todo. Uma pessoa que está comprometida pensa em si, e em sua inserção no todo que participa, na empresa que depende do seu trabalho. O profissional se reconhece como uma engrenagem fundamental no seu ambiente profissional. enquanto quem não está comprometido pensa apenas em termos de haver recompensa, como salários e premiações, ou punição se for descoberto o seu desinteresse.

Abaixo, figuram dois itens muito importantes: a qualificação e a experiência.

Muitas pessoas se preocupam em quantificar até que grau de instrução cursou ou o número de cursos que fez, quando na verdade o número enorme de cursos no currículo nem sempre é determinante na bagagem do profissional, mas deveríamos pensar em termos de seu aproveitamento. Aproveitamento da qualificação não é apenas obter notas acima de 7, 8, 9 ou qualquer outro número. O importante é o profissional conseguir estabelecer os vínculos do conhecimento com a realidade prática na sua vida. Isto sim, é diferencial. Por este motivo, muitas empresas utilizam provas e testes para validar a aptidão do profissional em aplicar o que aprendeu.

Vejamos quanto à experiência: as empresas esperam que seus candidatos ou funcionários tenham um desempenho melhor de sua profissão em função do tempo que atuaram em um determinado cargo ou ramo, o que ajuda, sem dúvida. Porém, muitas vezes, os empregadores acabam exigindo muita experiência formal e os candidatos ficam com medo ou se sentem excluídos com tais exigências e não se candidatam, ou se candidatam e não são sequer considerados no processo seletivo. Porém, muitas vezes o conjunto de características de um profissional menos experiente torna ele mais valioso para a empresa atingir seus objetivos do que outros avalizados apenas por uma análise restritiva de tempo de experiência ou outros fatores isolados.

Seguindo o mesmo raciocínio da qualificação, a experiência só é um indicador válido de maturidade profissional se ela for bem aproveitada na construção de um profissional melhor e de forma contínua. Tenho exemplos de profissionais que chegam em um determinado ponto de suas carreiras e, por considerarem saber tudo em relação ao seu cargo, param completamente seu progresso profissional.

O consenso é de que as empresas precisam de profissionais que façam bem o seu trabalho e chamem para si a responsabilidade pelo sucesso acontecer.